Secretaria de Saúde de Uiraúna realiza evento no dia nacional da luta Antimanicomial

170

A Prefeitura de Uiraúna, por meio da Secretaria de Saúde, promoveu hoje sexta- feira (18 ), uma ações em comemoração ao “Dia da Luta Antimanicomial”, comemorado anualmente em 18 de maio, a data completa 31 anos em 2018 e se caracteriza pela luta em prol dos direitos das pessoas com sofrimento mental. A Gerente do CAPS -Il, Dra. Mayara Fernandes, destaca que a principal reivindicação dos movimentos de luta é por uma sociedade sem manicômios, sem prisões ou qualquer tipo de instituição que reproduza a lógica e as práticas manicomiais. Na oportunidade, a secretária de saúde, Dra. Julieth Gmes Fernandes, acompanhou a caminha que teve inicio no CAPS, e terminou na Praça Padre França. “A nossa principal luta é para que as pessoas com transtornos mentais tenham um tratamento humanizado. Com respeito e serem tratado livremente sem grades”. Falou a secretária Julieth Gomes Fernandes. O prefeito Dr. Bosco, participou do evento e cumprimentou os usuários e profissionais do CAPS, levando a alta estima a todos que prestam o serviço e se  servem daquele trabalho. Estiveram presente no evento, alunos de medicina da Faculdade Santa Maria.

 O dia 18 de maio marca, no Brasil, o Dia Nacional da Luta Antimanicomial. Esta data, instaurada em 1987 na cidade de Bauru, durante o Congresso de Trabalhadores de Serviços de Saúde Mental, deu visibilidade ao Movimento da Luta Antimanicomial, adotando o lema “Por uma sociedade sem manicômios” e inaugurando uma nova trajetória da proposta de Reforma Psiquiátrica Brasileira.
Seus objetivos são, desde então, propor não só mudanças no cenário da Atenção à Saúde Mental, mas, principalmente, questionar as relações de estigma e exclusão que social e culturalmente se estabeleceram para as pessoas que vivem e convivem com os “transtornos mentais”. 

 

COMPARTILHAR