Apresentação do Projeto de Folclore do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, e entrega de instrumentos do Projeto Educar para Transformar.

71

O projeto Educar Para Transformar, em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social, atende 200 crianças e adolescentes, entre 6 a 18 anos de idade. Sendo realizado no bairro Ananias Alves de Figueiredo na Escola Ananias Alves de Figueiredo e no bairro Bela Vista, no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

O Projeto Educar Para Transformar, tem como objetivo contribuir para a redução da violência e do uso de drogas lícita e ilícitas entre crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social do município de Uiraúna por meio de ações socioeducativas e culturais de forma integrada e sistêmica, através da realização de oficinas socioeducativas e culturais a fim de que sejam oportunidades espaços de promoção a aprendizagem, estimulando a participação proativa das famílias no processo de desenvolvimento da

Criança e adolescente, além de disseminar saberes comunitários por meio da articulação em rede do sistema de garantias de direitos da criança e adolescente do município de Uiraúna. Influenciando direta e indiretamente mais de 900 famílias, através de minicursos e das oficinas ofertadas: capoeira, dança e música.

No dia 22 de agosto foi realizado o Projeto Folclore no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, com diversas apresentações culturais, realizadas pelos participantes do serviço e também do Projeto Educar Para Transformar com as oficinas de dança, capoeira e música, na oportunidade foi realizado a entrega dos instrumentos musicais e materiais tecnológicos e de expedientes.

Se fizeram presente, a secretária de Assistência Social Maria Emília Fernandes, a secretária do CMDCA Raiza Thalita, o prefeito Bosco Fernandes, técnica de referência do Serviço de Convivência Inalú Morais, a coordenadora geral do Projeto Educar Para Transformar Alaide Calixto, a coordenadora pedagógica Mayara Pinheiro, os oficineiros do projeto, os orientadores sociais do serviço de convivência, e os participantes do projeto.

O evento deu-se início com as falas das autoridades, em seguida foram realizadas apresentações culturais e folclóricas ressaltando 22 de agosto dia do folclore brasileiro.

Posteriormente realizou-se a entrega dos itens: instrumentos musicais: flautas, afinador digital, cajon, violões com capa, escaletas, palhetas, tarraxas para violão, encordamento para violão; materiais tecnológicos: notebook, mouse, pendrive e fardamentos.

 

COMPARTILHAR