O Projeto Educar para transformar realiza estudo de campo com os participantes.

29

No dia 20 de agosto foi realizado um estudo de campo na cidade de Triunfo com os alunos participantes da Oficina de Capoeira do Projeto Educar para Transformar, junto com a Associação de Capoeirista da localidade.

Os alunos puderam conhecer um pouco sobre a história da comunidade dos 40, onde 40 integrantes de uma mesma família vieram em busca de outro local tranquilo para se viver e se estabelecerem, fugidos de conflitos e disputas de terras, chegando assim à Triunfo. Atualmente, a luta dos descendentes dos pioneiros, estimados em mais de 150 pessoas, mantendo tradições como uma banda cabaçal, é pelo reconhecimento oficial da Comunidade dos 40 como remanescente de um Quilombola, passando a usufruir dos benefícios assegurados às várias comunidades descobertas no Brasil nos últimos anos. (Fonte: DestaquePB, com Lenilson Oliveira (Revista Destaque 81, Jun/2012).

Posteriormente, o instrutor juntamente com os demais participantes da associação trouxe um pouco sobre a história da capoeira, e de sua influência na nossa cultura e tradição. Em seguida, os alunos realizaram uma apresentação do Maculele, e uma roda de capoeira.

Por último, os alunos conheceram a praça dos quilombolas, onde possui uma estátua em tamanho real de dois capoeiristas, além de simbólicos túmulos da comunidade dos Quarenta.

Texto: Mayara Pinheiro

Galeria de fotos:

COMPARTILHAR